Avaliação do processo de dispensação de medicamentos na saúde indígena por meio de simulação de atendimento

Priscila Becker Packeiser, Mauro Silveira de Castro

Abstract


Introdução: A atuação do farmacêutico no atendimento da população indígena ainda é pouco explorada no Brasil. Em 2016, foi realizado o curso de capacitação em parceira com o Ministério da Saúde e a Universidade Federal do Rio Grande do Sul para profissionais farmacêuticos atuantes na saúde indígena neuronal atender as necessidades e as especificidades desta população específica. Uma das etapas do curso foi a simulação da dispensação de medicamentos como forma de aprimoramento e consolidação dos conhecimentos. Objetivos: Avaliar os resultados das simulações de dispensação de medicamentos para o paciente indígena. Métodos:Estudo transversal e retrospectivo que avaliou como gravações das simulações de dispensação de medicamentos a pacientes médios de formulário específico. Resultados: A pontuação geral dos participantes variou de 2,4 a 8,3 pontos, de uma pontuação máxima de 10 pontos. Os casos de infecção pediátrica foram os que relatam o pior desempenho entre os participantes. A média de tempo para realização da dispensação foi de 8,8 minutos. Em relação ao conhecimento técnico, os alunos independentes uma média de 4,4 pontos. Conclusão:O baixo desempenho dos participantes nas simulações refletidas o despreparo dos farmacêuticos para realizarem a dispensação de medicamentos a pacientes indígenas. As limitações quanto às barreiras linguísticas e culturais foram identificados de forma marcante na avaliação das simulações.

Keywords


Simulação, Saúde Indígena, Assistência Farmacêutica



Copyright (c) 2021 Clinical & Biomedical Research

Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution 4.0 International License.

ISSN: 2357-9730 

http://seer.ufrgs.br/hcpa/

 

 

Apoio Financeiro:

 


Licença Creative Commons
The Clinical & Biomedical Research is licenced under Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.