ANEURISMA DE ARTÉRIA MESENTÉRICA SUPERIOR

Nicole Campagnolo, Ricardo Bocchese Paganella, Carolina Mancuso Stapenhorst, Adamastor Humberto Pereira

Abstract


Aneurismas são definidos como um aumento localizado de uma artéria maior que uma vez e meia seu diâmetro esperado naquela região. Os aneurismas podem ocorrer em qualquer local da árvore arterial, mas são mais comumente encontrados na seguinte ordem decrescente de freqüência: aorta, ilíacas, poplíteas e femorais (1). As demais artérias, como as carótidas, renais, viscerais e as das extremidades superiores, raramente são acometidas (1). Os aneurismas de artérias viscerais são encontrados em somente 0,2% da população em geral. Entre eles, os aneurismas de artéria esplênica são os mais freqüentes, e os aneurismas de artéria mesentérica superior (AMS) (figura 1) são muito incomuns, perfazendo apenas 5,5 a 8% dos aneurismas viscerais (2) e menos de 0,5% de todos os aneurismas intra-abdominais (3).




Copyright (c) 2020 Clinical & Biomedical Research

Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution 4.0 International License.

ISSN: 2357-9730 

http://seer.ufrgs.br/hcpa/

 

 

Apoio Financeiro:

 


Licença Creative Commons
The Clinical & Biomedical Research is licenced under Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.