AS PRÁTICAS DE GESTÃO FINANCEIRA NO PROGRAMA DST/AIDS DE URUGUAIANA (RS): REFLEXÃO SOBRE ENTRAVES ADMINISTRATIVOS

Autores

  • Ana Paula Benites Parraga Equipe Gestora de Sistemas e Serviços de Saúde, Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Porto Alegre, RS, Brasil. Secretaria Municipal de Saúde de Uruguaiana, Programa Municipal de DST/AIDS. Uruguaiana, RS, Brasil.
  • Roger dos Santos Rosa Departamento de Medicina Social, Faculdade de Medicina, Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Porto Alegre, RS, Brasil.

Palavras-chave:

Administração e planejamento em saúde, AIDS, administração financeira, administração pública, serviços de saúde, Rio Grande do Sul

Resumo

A importância dos programas de DST/AIDS, a localização estratégica do município de Uruguaiana (RS) em área de fronteira e a excessiva burocracia presente nas rotinas da administração pública brasileira motivaram-nos a comparar duas formas de operacionalização de recursos na área da saúde. Foram analisadas: (a) a modalidade shopping, utilizada nos acordos que envolvem recursos do Banco Mundial; e (b) a modalidade tradicional, na qual a aplicação dos recursos se sujeita à Lei nº 8.666/93. Através da aplicação de questionários a oito informantes-chave de diferentes esferas de governo e de análise documental, identificaram-se elementos facilitadores e dificultadores
da administração em saúde para ambas as modalidades. Sugere-se a formação de um núcleo administrativo-financeiro para gerenciar recursos específicos na Secretaria Municipal de Saúde de Uruguaiana/RS.
Unitermos: Administração e planejamento em saúde; AIDS; administração financeira; administração pública; serviços de saúde; Rio Grande do Sul

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2020-03-04

Como Citar

1.
Parraga APB, Rosa R dos S. AS PRÁTICAS DE GESTÃO FINANCEIRA NO PROGRAMA DST/AIDS DE URUGUAIANA (RS): REFLEXÃO SOBRE ENTRAVES ADMINISTRATIVOS. Clin Biomed Res [Internet]. 4º de março de 2020 [citado 2º de outubro de 2022];25(1-2). Disponível em: https://seer.ufrgs.br/index.php/hcpa/article/view/100807

Edição

Seção

Artigos Originais