CONSTRUÇÃO DE UM ESPAÇO DE FORMAÇÃO PROFISSIONAL: A EXPERIÊNCIA DOS ESTAGIÁRIOS DO PROGRAMA MUNICIPAL DE CONTROLE DA DENGUE DE PORTO ALEGRE (RS)

Dóris Soares Blesmann, Roger dos Santos Rosa

Abstract


O setor de saúde tem absorvido progressivamente mais estudantes para compor seu quadro de recursos humanos como forma de adequar-se às crescentes demandas do Sistema Único de Saúde (SUS). Objetiva-se apresentar como algumas mudanças do setor de saúde têm impactado a formação profissional, exigindo articulações entre as esferas de gestão, de atenção à saúde, de ensino e de controle social. Para verificar como os estudantes estão percebendo sua inserção no SUS, foi realizada uma pesquisa com estagiários do Programa
Municipal de Controle da Dengue da Prefeitura Municipal de Porto Alegre no ano de 2004. Utilizou-se a técnica de grupos focais para a discussão de quatro temas: processo saúde-doença, saúde pública, inserção no SUS e intersetorialidade. Os resultados demonstraram dificuldades na articulação entre trabalho e ensino e na inserção das práticas de estágio no SUS. As transformações decorrentes dessas constatações demandam mudanças na própria estruturação dos estágios.
Unitermos: Recursos humanos em saúde, desenvolvimento de recursos humanos, treinamento em serviço, ensino superior


Keywords


Recursos humanos em saúde; desenvolvimento de recursos humanos; treinamento em serviço; ensino superior



Copyright (c) 2020 Clinical & Biomedical Research

Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution 4.0 International License.

ISSN: 2357-9730 

http://seer.ufrgs.br/hcpa/

 

 

Apoio Financeiro:

 


Licença Creative Commons
The Clinical & Biomedical Research is licenced under Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.