COMPORTAMENTO SEXUAL E MARKETING SOCIAL NAS CAMPANHAS DE PREVENÇÃO À AIDS – O CASO DE UMA ESCOLA PÚBLICA MUNICIPAL EM SÃO LEOPOLDO (RS)

Autores

  • Maria Salete Macedo Núcleo de Vigilância em Saúde Pública da Secretaria Municipal da Saúde de São Leopoldo. São Leopoldo RS, Brasil.
  • Marcelo Jacques Fonseca Universidade do Vale do Rio dos Sinos (UNISINOS). São Leopoldo, RS, Brasil.

Palavras-chave:

AIDS, prevenção, adolescentes, marketing social

Resumo

Este estudo está alicerçado em três eixos: a questão da AIDS entre os adolescentes, o comportamento sexual desse grupo sob o prisma da prevenção, e o marketing social, questionando a eficiência deste instrumento, enquanto método, para conter o avanço da contaminação da epidemia através do vírus HIV. Objetiva abrir um espaço de reflexão sobre as campanhas de prevenção contra a AIDS, para que se estabeleçam métodos que atinjam os adolescentes. Foi investigado um grupo de jovens estudantes de Ensino Médio de uma Escola
Pública Estadual do município de São Leopoldo (RS), através da técnica de grupo focal. A análise qualitativa dos dados coletados nos depoimentos evidenciou que o olhar dos estudantes, na relação AIDS-marketing social, sugere uma readequação das campanhas divulgadas pela mídia em geral, bem como das campanhas da Secretaria Municipal da Saúde junto às escolas.
De posse desses dados, é possível refletir sobre as ações preventivas e estabelecer novas diretrizes no combate à AIDS.
Unitermos: AIDS; prevenção; adolescentes; marketing social

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2020-03-04

Como Citar

1.
Macedo MS, Fonseca MJ. COMPORTAMENTO SEXUAL E MARKETING SOCIAL NAS CAMPANHAS DE PREVENÇÃO À AIDS – O CASO DE UMA ESCOLA PÚBLICA MUNICIPAL EM SÃO LEOPOLDO (RS). Clin Biomed Res [Internet]. 4º de março de 2020 [citado 2º de outubro de 2022];25(1-2). Disponível em: https://seer.ufrgs.br/index.php/hcpa/article/view/100798

Edição

Seção

Artigos Originais