AVALIAÇÃO CLÍNICA DE PACIENTES COM INSUFICIÊNCIA CARDÍACA BASEADA EM EVIDÊNCIA

Luís Beck da Silva

Abstract


A medicina baseada em evidência aplicada na avaliação clínica de pacientes com
insuficiência cardíaca vem nos trazendo importantes contribuições nos conceitos clássicos de congestão sistêmica. Assim, podemos hoje compreender o desempenho diagnóstico de cada sinal ou sintoma clínico de insuficiência cardíaca e atribuir-lhes o devido valor diagnóstico e/ou prognóstico. Novas variáveis, como a pressão de pulso proporcional, têm demonstrado relevância
clínica. Os peptídeos natriuréticos, sendo importantes ferramentas na avaliação do estado volêmico dos pacientes com insuficiência cardíaca, vêm a somar no entendimento clínico e adicionar valor prognóstico. A ecocardiografia, quando utilizada como ferramenta não-invasiva para a avaliação do perfil hemodinâmico, pode contribuir significativamente para o manejo clínico
dos pacientes com insuficiência cardíaca. Em conclusão, o devido entendimento contemporâneo sobre o desempenho diagnóstico de aspectos do exame físico, dos peptídeos natriuréticos e da ecocardiografia na avaliação clínica de pacientes com insuficiência cardíaca é fundamental para a estimativa correta de congestão, que, se tratada agressivamente com vistas a reduzir pressões de enchimento ventricular, levará a um melhor resultado terapêutico e maior benefício clínico.
Unitermos: Insuficiência cardíaca, avaliação clínica, exame físico, BNP, ecocardiografia
medicina baseada em evidência.


Keywords


Insuficiência cardíaca; avaliação clínica; exame físico; BNP; ecocardiografia



Copyright (c) 2020 Clinical & Biomedical Research

Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution 4.0 International License.

ISSN: 2357-9730 

http://seer.ufrgs.br/hcpa/

 

 

Apoio Financeiro:

 


Licença Creative Commons
The Clinical & Biomedical Research is licenced under Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.