Criando fluxos de investigações efervescentes entre Espanha e Brasil

María Acaso, Analice Dutra Pillar

Resumo


Neste texto, María Acaso, coordenadora do coletivo Pedagogías Invisibles (Espanha) e Analice Pillar, coordenadora do Grupo de Pesquisa em Educação e Arte (GEARTE – Brasil), compartilham as principais linhas de pesquisa desses coletivos com a intenção de criar redes de intercâmbio entre ambas as comunidades para mesclar, contaminar e, portanto, transformar os dois grupos. O texto busca apontar afinidades entre os trabalhos que estão sendo realizados nos referidos grupos transdisciplinares e transoceânicos. 


Palavras-chave


Pedagogías Invisibles; GEARTE; grupo de pesquisa; redes de pesquisa.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22456/2357-9854.46546

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


URL da licença: https://creativecommons.org/licenses/by/4.0/

       

 

 

 

Revista GEARTE

ISSN 2357-9854 | e-ISSN 2596-3198 | Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Brasil

http://www.seer.ufrgs.br/gearte

 

Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.