Produção Acadêmica sobre Financiamento da Educação de Jovens e Adultos (2000-2018)

Autores

  • Leonardo Estevam Honorato da Silva Universidade de São Paulo (USP), São Paulo/SP http://orcid.org/0000-0003-4422-9328
  • Caio Cabral da Silva Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de São Paulo (IFSP), São Paulo/SP; Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), São Paulo/SP http://orcid.org/0000-0002-0957-5631
  • Vanessa Santana dos Santos Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), São Paulo/SP; Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF), Juiz de Fora/MG http://orcid.org/0000-0003-0788-0875

Palavras-chave:

Educação de Jovens e Adultos. Financiamento da Educação. Produção Acadêmica.

Resumo

Este trabalho investiga a produção acadêmica sobre financiamento da modalidade Educação de Jovens e Adultos (EJA) a partir de anais das reuniões científicas nacionais da Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Educação (Anped) e artigos científicos disponíveis na biblioteca virtual Scielo, no período entre 2000 e 2018. O objetivo é averiguar como as discussões sobre financiamento da EJA são compreendidas na produção acadêmica. Trata-se de estudo documental, com análise a partir da leitura integral dos trabalhos selecionados. Os resultados indicam a predominância de investigações sobre programas ou políticas específicas e negligenciamento do Estado no adequado financiamento; os repasses de verbas públicas para a modalidade EJA permaneceram ínfimos ao longo do período. Conclui-se que, para a garantia do direito constitucional à educação, necessita-se da ampliação nos investimentos na área, manter a resistência e não aceitar retrocessos no campo educacional.


Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Leonardo Estevam Honorato da Silva, Universidade de São Paulo (USP), São Paulo/SP

Leonardo Estevam Honorato da Silva é mestrando em Saúde Pública pela Universidade de São Paulo (USP) e licenciado em Ciências Biológicas pelo Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de São Paulo (IFSP).

Caio Cabral da Silva, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de São Paulo (IFSP), São Paulo/SP; Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), São Paulo/SP

Caio Cabral da Silva é mestre e doutorando em Educação pela Universidade Federal de São Paulo (Unifesp). Atua como Técnico em Assuntos Educacionais no Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de São Paulo (IFSP).

Vanessa Santana dos Santos, Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), São Paulo/SP; Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF), Juiz de Fora/MG

Vanessa Santana dos Santos é mestre e doutoranda em Educação pela Universidade Federal de São Paulo (Unifesp). Atua como professora do Ensino Básico, Técnico e Tecnológico (EBTT) no Colégio de Aplicação João XXIIII da Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF).

Referências

BARCELOS, Luciana Bandeira. Controle social do financiamento da educação em centros de educação de jovens e adultos, 2015. In: REUNIÃO DA ASSOCIAÇÃO NACIONAL DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA EM EDUCAÇÃO, 37., 2015, Florianópolis. Anais eletrônicos... Rio de Janeiro: Anped, 2015. p. 1-6. Disponível em: http://www.anped.org.br/sites/default/files/poster-gt18-3950.pdf. Acesso em: 27 abr. 2020.

BARCELOS, Luciana Bandeira. Participação e controle social na gestão financeira de centros de educação de jovens e adultos no Rio de Janeiro. 2018. 276 f. Tese (Doutorado em Educação) – Faculdade de Educação, Universidade do Estado do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 2018.

BRASIL. Emenda Constitucional nº 24, de 1º de dezembro de 1983. Estabelece a obrigatoriedade de aplicação anual, pela União, de nunca menos de treze por cento, e pelos Estados, Distrito Federal e Municípios, de, no mínimo, vinte e cinco por cento da renda resultante dos impostos, na manutenção e desenvolvimento do ensino. Diário Oficial, Brasília, DF, 1983.

BRASIL. Constituição da República Federativa do Brasil de 1988. Diário Oficial da União, Brasília, DF, 5 out. 1988.

BRASIL. Lei nº 9.394, de 20 de dezembro de 1996. Estabelece as diretrizes e bases da educação nacional. Diário Oficial da União, Brasília, DF, 1996a.

BRASIL. Lei nº 9.424, de 24 de dezembro de 1996. Dispõe sobre o Fundo de Manutenção do Ensino Fundamental e de Valorização do Magistério na forma prevista no art. 60, § 7º, do Ato das Disposições Constitucionais Transitórias, e dá outras providências. Diário Oficial da União, Brasília, DF, 1996b.

BRASIL. Lei nº 11.494, de 20 de junho de 2007. Regulamenta o Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação - Fundeb, de que trata o art. 60 do Ato das Disposições Constitucionais Transitórias; altera a Lei nº 10.195, de 14 de fevereiro de 2001; revoga dispositivos das Leis nºs 9.424, de 24 de dezembro de 1996, 10.880, de 9 de junho de 2004, e 10.845, de 5 de março de 2004; e dá outras providências. Diário Oficial da União, Brasília, DF, 2007.

BRESSER-PEREIRA, Luiz Carlos. A reforma do aparelho do Estado e a Constituição brasileira. Brasília: Enap, 1995. (Texto para discussão, 1).

BRONZATE, Sandra Torquato. Políticas públicas de educação de jovens e adultos: o programa integrado de qualificação desenvolvido pelo município de Santo André. 2008. 259 f. Dissertação (Mestrado em Educação) – Faculdade de Educação, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2008.

CARVALHO, Marcelo Pagliosa. As políticas para a educação de jovens e adultos nos governos Lula (2003-2010): incongruências do financiamento insuficiente. 2011. 346 f. Tese (Doutorado em Educação) – Faculdade de Educação, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2011.

CARVALHO, Marcelo Pagliosa. A Educação de Jovens e Adultos nos governos Lula (2003-2010): incongruências das políticas e do Fundeb. In: REUNIÃO DA ASSOCIAÇÃO NACIONAL DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA EM EDUCAÇÃO, 35., 2012, Porto de Galinhas. Anais eletrônicos... Rio de Janeiro: Anped, 2012. p. 1-17. Disponível em: http://35reuniao.anped.org.br/images/stories/trabalhos/GT18%20Trabalhos/GT18-1734_int.pdf. Acesso em: 27 abr. 2020.

CARVALHO, Marcelo Pagliosa. O financiamento da EJA no Brasil: repercussões iniciais do Fundeb. Revista Brasileira de Política e Administração da Educação, Porto Alegre, v. 30, p. 365-655, jan. 2014.

COSTA, Cláudia Borges; MACHADO, Maria Margarida. Políticas públicas e Educação de Jovens e Adultos no Brasil. São Paulo: Cortez, 2017. (Docência em Formação).

CRUZ, Rosana Evangelista da; JACOMINI, Márcia Aparecida. Produção acadêmica sobre financiamento da Educação: 2000-2010. Revista Brasileira de Estudos Pedagógicos [online], Brasília, v. 98, n. 249, p. 347-370, 2017.

DAVIES, Nicholas. Fundeb: a redenção da educação básica? Campinas: Autores Associados, 2008. (Polêmicas do nosso tempo).

DAVIES, Nicholas. Levantamento bibliográfico sobre financiamento da Educação no Brasil de 1988 a 2014. Educação em Revista, Marília, v. 15, n. 1, p. 91-162, jan./jun. 2014.

DI PIERRO, Maria Clara. O financiamento público da educação básica de jovens e adultos no Brasil no período 1985/1999. In: ASSOCIAÇÃO NACIONAL DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA EM EDUCAÇÃO, 23., 2000, Caxambu. Anais eletrônicos... Rio de Janeiro: Anped, 2000. Disponível em: http://23reuniao.anped.org.br/textos/1806t.PDF. Acesso em: 27 abr. 2020.

DI PIERRO, Maria Clara. Descentralização, focalização e parceria: uma análise das tendências nas políticas públicas de educação de jovens e adultos. Educação e Pesquisa, São Paulo, v. 27, n. 2, p. 321-337, jul./dez. 2001.

DI PIERRO, Maria Clara. Notas sobre a redefinição da identidade e das políticas públicas de educação de jovens e adultos no Brasil. Educação e Sociedade, Campinas, v. 26, n. 92, p. 1.115-1.139, out. 2005.

DI PIERRO, Maria Clara. A educação de jovens e adultos no Plano Nacional de Educação: avaliação, desafios e perspectivas. Educação e Sociedade, Campinas, n. 112, v. 31, jul./set. 2010.

DI PIERRO, Maria Clara. A configuração do ensino de jovens e adultos no estado de São Paulo sob a vigência do Fundeb: resultados preliminares de uma pesquisa em andamento. In: REUNIÃO DA ASSOCIAÇÃO NACIONAL DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA EM EDUCAÇÃO, 35., 2012, Porto de Galinhas. Anais eletrônicos... Rio de Janeiro: Anped, 2012. Disponível em: http://35reuniao.anped.org.br/images/stories/trabalhos/GT18%20Trabalhos/GT18-1668_int.pdf. Acesso em: 27 abr. 2020.

DI PIERRO, Maria Clara. O impacto da inclusão da educação de jovens e adultos no Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica: um estudo em municípios paulistas. Em Aberto, Brasília, DF, v. 28, n. 93, p. 119-130, jan./jun. 2015.

DI PIERRO, Maria Clara; PINTO, José Marcelino de Rezende. Uma análise da descentralização e do financiamento público da alfabetização e educação básica de jovens e adultos no Brasil. Documento de referência para o 2º Relatório Global sobre Educação e Aprendizagem de Adultos (Grale), apresentado ao Instituto da Unesco de Aprendizagem ao Longo da Vida (Hamburgo, Alemanha). [S. l.], fev. 2012.

GEWIRTZ, Sharon; BALL, Stephen. Do modelo de gestão do “bem-estar social” ao “novo gerencialismo”: mudanças discursivas sobre gestão escolar no mercado educacional. In: BALL, Stephen J.; MAINARDES, Jefferson (Org.). Políticas educacionais: questões e dilemas. São Paulo: Cortez, 2011. p. 100-122.

GOMES, Cândido Alberto (Coord.). Custos da alfabetização de jovens e adultos: o Programa da Universidade Católica de Brasília. Revista Brasileira de Estudos Pedagógicos, Brasília, DF, v. 76, n. 182-183, p. 327-359, jan./ago. 1995.

GOUVEIA, Andreia B. Políticas e financiamento na EJA: as mudanças na política de financiamento da Educação e possíveis efeitos na EJA. EccoS: Revista Científica, São Paulo, v. 10, n. 2, p. 379-395, jul./dez. 2008.

HADDAD, Sérgio; DI PIERRO, Maria Clara. Aprendizagem de jovens e adultos avaliação da década da educação para todos. São Paulo em Perspectiva, São Paulo, v. 14, n. 1, jan./mar. 2000.

IBGE. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Pnad Contínua 2016: 51% da população com 25 anos ou mais do Brasil possuíam no máximo o ensino fundamental completo. Agência IBGE Notícias, Brasília, DF, 21 dez. 2017.

KAEFER, Maria Teresinha Verle. Da intenção à ação: avanços e retrocessos na educação de jovens e adultos na rede estadual de ensino no RS, no período de 1999-2008. 2009. 127 f. Dissertação (Mestrado em Educação) – Faculdade de Educação, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2009.

MOLL, Jaqueline. Políticas municipais de educação fundamental de jovens e adultos no Rio Grande do Sul: tendências nos anos 90. In: ASSOCIAÇÃO NACIONAL DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA EM EDUCAÇÃO, 25., 2002, Caxambu. Anais eletrônicos... Rio de Janeiro: Anped, 2002. Disponível em: http://25reuniao.anped.org.br/tp251.htm#gt18. Acesso em: 27 abr. 2020.

ONU. Declaração Universal Dos Direitos Humanos. Adotada e proclamada pela Assembleia Geral das Nações Unidas em 10 de dezembro de 1948. Paris, 1948.

PARENTE, Cláudia da Mota Darós. O processo decisório de implementação da assistência financeira do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), via Plano de Trabalho Anual (PTA), no município de Vinhedo-SP (1997-1999). 2001. 200 f. Dissertação (Mestrado em Educação) – Faculdade de Educação, Universidade Estadual de Campinas, Campinas, 2001.

PINTO, José Marcelino de Rezende. Financiamento da educação básica: a divisão de responsabilidades. Revista Retratos da Escola, Brasília, DF, v. 6, n. 10, p. 155-172, jan./jun. 2012.

PINTO, José Marcelino de Rezende. O financiamento da educação na Constituição Federal de 1988: 30 anos de mobilização social. Educação e Sociedade, Campinas, v. 39, n. 145, p. 846-869, out./dez. 2018.

RIBEIRO, Clayton Diógenes. Estado do conhecimento da educação de jovens e adultos no Brasil: um balanço de teses e dissertações (1999-2006). 2009. 457 f. Dissertação (Mestrado em Educação) – Programa de Pós-Graduação em Educação, Universidade Católica de Santos, Santos, 2009.

SÃO PAULO (Estado). Secretaria da Educação. Resolução SE nº 18, de 3 de maio de 2019. Dispõe sobre o siglário a ser utilizado, no âmbito da Secretaria de Estado da Educação, pelas unidades que compõem a sua nova estrutura organizacional, e dá providências correlatas. Diário Oficial do Estado, São Paulo, 2019.

SENA, Paulo. A União e a aplicação dos recursos vinculados à manutenção e ao desenvolvimento do ensino. Revista Brasileira de Estudos Pedagógicos, Brasília, DF, v. 83, n. 203-205, p. 7-22, jan./dez. 2002.

SILVA, Antonia Almeida (Coord.). Produção acadêmica em políticas educacionais no Brasil – 2000-2010: dados dos programas conceito 5 ou mais. [banco de dados]. Pesquisa financiada pelo CNPq, Edital/Chamada CNPq/CAPES nº 07/2011. Feira de Santana: Cede, 2014. Disponível em: http://www.cede.uefs.br/arquivos/File/prodacadempoliticaseducacionais.pdf. Acesso em: 25 abr. 2020.

SILVA, Caio Cabral da. Produção acadêmica sobre educação de jovens e adultos (2000 -2010). 2018. 237 f. Dissertação (Mestrado em Educação) – Escola de Filosofia, Letras e Ciências Humanas, Universidade Federal de São Paulo, Guarulhos, 2018. Disponível em: http://repositorio.unifesp.br/jspui/handle/11600/49770. Acesso em: 14 maio 2019.

SOUZA, Donaldo Bello de. Desafios para as políticas municipais de cobertura da educação infantil, fundamental e de jovens e adultos no Estado do Rio de Janeiro. Estudos em Avaliação Educacional, São Paulo, v. 18, n. 38, p. 171-197, set./dez. 2007.

UMANN, Jorge Miguel Bonatto. O controle social e público da gestão financeira da educação através dos conselhos municipais em Triunfo/RS: uma reflexão das relações governo e sociedade. 2008. 167 f. Dissertação (Mestrado em Educação) – Faculdade de Educação, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2008.

VENTURA, Jaqueline Pereira. A política educacional para EJA na produção científica do GT Educação de Pessoas Jovens e Adultas da Anped (1998-2008): contribuições para o debate. In: REUNIÃO DA ASSOCIAÇÃO NACIONAL DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA EM EDUCAÇÃO, 32., 2009, Caxambu. Anais eletrônicos... Rio de Janeiro: Anped, 2009. p. 1-15. Disponível em: http://32reuniao.anped.org.br/arquivos/trabalhos/GT18-5890--Int.pdf. Acesso em: 27 abr. 2020.

VOLPE, Geruza Cristina Meirelles. O direito à Educação de Jovens e Adultos em municípios mineiros: entre proclamações e realizações. In: ASSOCIAÇÃO NACIONAL DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA EM EDUCAÇÃO, 27., 2004, Caxambu. Anais eletrônicos... Rio de Janeiro: Anped, 2004. Disponível em: http://27reuniao.anped.org.br/gt18/t185.pdf. Acesso em: 25 abr. 2020.

VOLPE, Geruza Cristina Meirelles. Financiamento da EJA: desvendando o baú de pandora. In: REUNIÃO DA ASSOCIAÇÃO NACIONAL DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA EM EDUCAÇÃO, 32., 2009, Caxambu. Anais eletrônicos... Rio de Janeiro: Anped, 2009. Disponível em: http://32reuniao.anped.org.br/arquivos/posteres/GT18-5401--Int.pdf. Acesso em: 26 abr. 2020.

VOLPE, Geruza Cristina Meirelles. O financiamento da educação de jovens e adultos no período de 1996 a 2006: farelos e migalhas. 2010. 625 f. Tese (Doutorado em Educação) – Faculdade de Educação, Universidade Estadual de Campinas, Campinas, 2010.

VOLPE, Geruza Cristina Meirelles. O financiamento da educação de jovens e adultos em municípios mineiros no período de 1996 a 2006: até quando migalhas? Revista Brasileira de Educação, Rio de Janeiro, n. 54, v. 18, jul./set. 2013.

VOSGERAU, Dilmeire Sant’Anna Ramos; ROMANOWSKI, Joana Paulin. Estudos de revisão: implicações conceituais e metodológicas. Revista Diálogo Educacional, Curitiba, v. 14, n. 41, p. 165-189, 2014.

ZANETTI, Maria Aparecida. Política de fomento direto e política de fundos contábeis: uma análise de suas implicações sobre a demanda e a oferta de educação de jovens e adultos no Estado do Paraná. 2017. 119 f. (Doutorado em Educação) – Programa de Pós-Graduação em Educação, Universidade Federal do Paraná, Curitiba, 2017.

Downloads

Publicado

2021-03-16

Edição

Seção

Artigos