Lógica do Mercado na Rede Pública Municipal de Manaus/AM

Rudervania da Silva Lima Aranha, Selma Suely Baçal de Oliveira

Resumo


Este artigo objetiva discutir a materialização das políticas neoliberais por meio da implementação do Projeto de Expansão e Melhoria Educacional da Rede Pública de Manaus (PROEMEM), na rede pública municipal de Manaus/AM. O estudo é decorrente de resultados obtidos com a conclusão de dissertação defendida junto ao Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Federal do Amazonas, cujo objetivo foi analisar a lógica do mercado na rede de ensino no município de Manaus/AM. Questionam-se as implicações desse processo para a educação nesse município. Trata-se de pesquisa de caráter qualitativo, a partir de uma revisão de literatura, levantamento e análise de documentos primários, no período de 2013 a 2017. Os resultados apontam que existe um inegável movimento em prol de viabilizar a expansão de instituições privadas no setor educacional, que encontram novos nichos de exploração econômica, de maneira a permitir a apropriação privada do bem público, sem, contudo, gerar efetivamente a melhoria da rede escolar pública. A aceitação dessa lógica promove mudanças nas concepções de escola pública, com a incorporação de instituições privadas na rede municipal de ensino.


Palavras-chave


Educação Pública. Mercado Educacional. Setor Privado.

Texto completo:

PDF

Referências


BRASIL. Ministério da Administração e Reforma do Estado (Mare). Plano Diretor da Reforma do Aparelho do Estado no Brasil. Brasília, DF, 1995. Disponível em: http://www.biblioteca.presidencia.gov.br/publicacoes-oficiais/catalogo/fhc/plano-diretor-da-reforma-do-aparelho-do-estado-1995.pdf. Acesso em: 24 set. 2017.

BRASIL. TODOS PELA EDUCAÇÃO (2006-2009). Brasília, 2017. Disponível em: https://www.todospelaeducacao.org.br. Acesso em: 23 abr. 2017.

CHESNAIS, François. A mundialização do capital. São Paulo: Xamã, 1996.

FACCI, Marilda Gonçalves Dias. Teorias Educacionais e Teorias Psicológicas: em busca de uma psicologia marxista da educação. In: DUARTE, Newton (Org). Crítica ao fetichismo da individualidade. 2. ed. Campinas: Autores Associados, 2012. p. 87-103.

GAJARDO, Marcela. Reformas educativas na América latina: balanço de uma década. In: BROOKE, Nigel (Org.). Marcos histórico na formação da educação. Belo Horizonte: Fino Traço, 2012. p. 333-346.

GENTILI, Pablo. A falsificação do consenso: simulacro e imposição na reforma educacional do neoliberalismo. Petrópolis: Vozes, 1998.

KRAWCZYK, Nora. A construção social das políticas educacionais no Brasil e na América Latina. In: KRAWCZYK, Nora; CAMPOS, Maria Malta; HADDAD, Sergio (Org.). O cenário educacional latino-americano no limiar do século XXI: reformas em debate. Campinas: Autores Associados, 2000. p. 1-11.

KRAWCZYK, Nora. A construção social das políticas educacionais no Brasil e na América Latina. In: BROOKE, Nigel (Org.). Marcos históricos na formação da educação. Belo Horizonte: Fino Traço, 2012. p. 347-349.

LEÃO, Geraldo Magela Pereira. “Novas” estratégias da gestão privada da educação pública. In: OLIVEIRA, Dalila Andrade; DUARTE, Marisa Ribeiro Teixeira. (Org.). Política e Trabalho na escola: administração dos sistemas públicos de educação básica. Belo Horizonte: Autêntica, 2003.

MANAUS. Secretaria Municipal de Educação. Carta Consulta Programa de Expansão e Melhoria Educacional da Rede Pública Municipal de Manaus-PROEMEM. Manaus, 2013. Disponível em: http://www.iadb.org/en/projects/project-description-title,1303.html?id=BR-L1392. Acesso em: 20 jun. 2015.

MANAUS. Lei Municipal nº 1.921, de 30 de Outubro de 2014. Institui, no âmbito da Secretaria Municipal de Educação – SEMED, o Projeto de Expansão e Melhoria Educacional da Rede Pública Municipal de Manaus – PROEMEM, e estabelece outras providências. Diário Oficial do Município de Manaus, Manaus, AM, 30 de outubro de 2014. Disponível em: http://dom.Manaus.am.gov.br/pdf/2014/outubro/DOM%203525%2030.10.2014%20CAD%201.pdf/. Acesso em: 28 mar. 2016.

MANAUS. Lei Municipal nº 2.230, de 04 de julho de 2017. Reestrutura o Projeto de Expansão e Melhoria Educacional da Rede Pública Municipal de Manaus (Proemem) e estabelece outras providências. Diário Oficial do Município de Manaus, Manaus, AM, 04 de julho de 2017. Disponível em: http://dom.manaus.am.gov.br/pdf/2017/julho/DOM%204161%2007.07.2017%20CAD%201.pdf. Acesso em: 10 jul. 2017.

MARTINS, Lígia Márcia. Da formação humana em Marx à crítica da pedagogia das competências. In: DUARTE, Newton (Org.). Crítica ao fetichismo da individualidade. 2. ed. Campinas: Autores Associados, 2012. p. 47-64.

MARX, Karl; ENGELS. A ideologia alemã. 3. ed. São Paulo: Martins Fontes, 2007.

MARX, Karl. Contribuição à crítica da economia política. 2. ed. São Paulo: Expressão Popular, 2008.

MAUÉS, Olgaíses Cabral. Reformas internacionais da educação e formação de professores. Cadernos de Pesquisa, São Paulo, n. 118, p. 89-117, mar. 2003.

MAUÉS, Olgaíses Cabral. A reforma da educação superior e o trabalho docente. Rio de Janeiro: UERJ, 2006.

MÉSZÁROS, István. A educação para além do capital. São Paulo: Boitempo, 2008.

OLIVEIRA, Romualdo Portela de. A transformação da educação em mercadoria no Brasil. Educação & Sociedade, Campinas, v. 30, n. 108, p. 739-760, out. 2009. Disponível em http://www.cedes.unicamp.br. Acesso em: 01 set. 2017.

PERONI, Vera. Diálogos sobre as redefinições no papel do Estado e nas fronteiras entre o público e o privado na educação. São Leopoldo: Editora Oikos, 2015.

SARTI, Flavia Medeiros. O triângulo da formação docente: seus jogadores e configurações. Educação e Pesquisa, São Paulo, v. 38, n. 2, p. 323-338, abr./jun. 2012. Disponível em: http://www.periodicos.rc.biblioteca.unesp.br/index.php/educacao/article/view/10286. Acesso em: 07 jan. 2017.

VIDIGAL, Carlos Eduardo. A nova ordem mundial. In: OLIVEIRA, Henrique Altemani; LESSA, Antônio Carlos (Org.). Política internacional contemporânea: mundo em transformação. São Paulo: Saraiva, 2011. p. 1-16.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Fineduca adota o formato de publicação contínua.

 

Fontes de Indexação:

LATINDEX

 

 

 

Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.