Tsunami Conservador e Resistência: a CONAPE em defesa da educação pública

Inês Barbosa de Oliveira, Maria Luiza Süssekind

Resumo


O momento de ataques à democracia e ruptura com políticas desenvolvidas pelos governos populares (2003-2016), no Brasil hoje, vem produzindo reverberações na política educacional e tem encontrado diversas resistências. Propomos neste texto, tratar das especificidades dessa forma de resistência que foi a realização da CONAPE, em maio de 2018, em Belo Horizonte. No desenvolvimento de nossa argumentação, primeiramente situamos o golpe e suas consequências no contexto do que chamamos de tsunami conservador transnacional que opera em diferentes dimensões e aspectos da vida social, em que vamos tratar das resistências em geral, e da CONAPE, em particular, apontando que a luta por um mundo justo e solidário não se deixa paralisar.

Palavras-chave


Políticas de currículo. CONAPE. Tsunami conservador. Resistência. Educação pública.



Direitos autorais 2019 Inês Barbosa de Oliveira, Maria Luiza Süssekind

Educação & Realidade - ISSN 0100-3143 (impresso) e 2175-6236 (online)

 

Licença Creative Commons
Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional

 

Apoio e Indexação:

LATINDEX

 

Crossref Similarity Check logo