O Problema da Formação nos Escritos de Juventude de Hannah Arendt: uma investigação sobre a Bildung

Daiane Eccel

Resumo


Com exceção do texto Crise na Educação, publicado na década de cinquenta, Hannah Arendt escreveu diretamente sobre esta temática em seus escritos de juventude, na década de trinta. No entanto, seu problema de pesquisa ainda não estava bem delineado e o destaque para ambos os textos está relacionado com o conceito de formação (Bildung) e não diretamente a respeito da educação e de suas instituições. Nosso objetivo neste artigo é investigar como o tema foi tratado por Hannah Arendt antes da sua imigração para os Estados Unidos e quais são os elementos que permanecerão em suas obras posteriores. Para tanto, nos ocuparemos com a investigação de dois textos: i) sua resenha a respeito da obra do pedagogo alemão Hans Weil, Die Entstehung des deutschen Bildungsprinzip (O surgimento do princípio alemão da Bildung), publicado em 1930 e ii) O Iluminismo e a questão judaica, de 1932.


Palavras-chave


Hannah Arendt; Filosofia da Educação; Bildung.



Direitos autorais 2019 Educação & Realidade

Educação & Realidade - ISSN 0100-3143 (impresso) e 2175-6236 (online)

 

Licença Creative Commons
Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional

 

Apoio e Indexação:

LATINDEX

 

Crossref Similarity Check logo