Práticas Culturais e Jogos de Linguagem entre os Povos Xakriabá

Carlos Henrique de Souza Gerken, Ana Maria de Oliveira Galvão, Felipe Silva Dias

Resumo


O artigo analisa práticas culturais e jogos de linguagem entre os povos indígenas Xakriabá, Minas Gerais. A pesquisa foi realizada por meio de observação participante e entrevistas e focou a Folia de Reis, o Samba Chula e a Loa, caracterizando-as como formas multimodais de linguagem que, distanciando-se das práticas de oralidade cotidianas, compõem um mosaico simbólico construído por intermédio de reflexão sobre a própria linguagem e pelo uso de estratégias de construção dos sentidos como o ritmo, a melodia e o uso de rimas que permitem um processo de ressignificação de sua identidade como povo Xakriabá, além de serem referência para os professores na elaboração de práticas pedagógicas na escola indígena.

Palavras-chave


Cultura Indígena; Jogos de Linguagem; Educação Não Formal.



Direitos autorais 2019 Educação & Realidade

Educação & Realidade - ISSN 0100-3143 (impresso) e 2175-6236 (online)

 

Licença Creative Commons
Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional

 

Apoio e Indexação:

LATINDEX

 

Crossref Similarity Check logo