Movimento Ocupa em Pernambuco: por um diálogo estimulado na Educação

Ana Claudia Dantas Cavalcanti

Resumo


Nosso objetivo foi analisar a participação cidadã através do Movimento Ocupa (MO), que lidera mobilizações frente às questões educacionais atuais, em seu diálogo com a Educação. Com aporte teórico em Habermas (2012), sob a perspectiva qualitativa e análise de conteúdo, de Bardin (1977), coletamos os dados através de revisão bibliográfica, documentos e entrevistas semiestruturadas com representantes de entidades secundarista e universitária. A pesquisa não pode apontar conquistas na pauta com o poder estatal, mas verificou o fortalecimento e a resistência do movimento.

 

Palavras-chave


Políticas Educacionais; Movimento Estudantil; Movimento Ocupa; Participação Cidadã; Estado Gerencial.



Direitos autorais 2019 Ana Claudia Dantas Cavalcanti

Educação & Realidade - ISSN 0100-3143 (impresso) e 2175-6236 (online)

 

Licença Creative Commons
Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional

 

Apoio e Indexação:

LATINDEX

 

Crossref Similarity Check logo