A Concepção Empresarial da Educação Integral e(m) Tempo Integral

Bruno Adriano Rodrigues da Silva

Resumo


O objetivo deste artigo é analisar teoricamente as formulações do Banco Mundial, as prescrições do Centro de Estudos e Pesquisa em Educação, Cultura e Ação Comunitária e as normatizações fixadas no programa Mais Educação sobre o tema da Educação integral e(m) Tempo Integral. Tal análise se faz pertinente em função da legislação educacional brasileira vigente sobre o tema, em especial, a meta 6 do atual Plano Nacional de Educação. Para realizar o estudo utilizou-se pesquisa bibliográfica e análise de documentos que problematizam o tema. Concluímos que existe uma sintonia entre as formulações do Banco Mundial e as prescrições do Cenpec, sendo o programa Mais Educação uma síntese empresarial dessa relação.

Palavras-chave


Banco Mundial; CENPEC; Programa Mais Educação



Direitos autorais 2018 Revista Educação & Realidade

Educação & Realidade - ISSN 0100-3143 (impresso) e 2175-6236 (online)

 

Licença Creative Commons
Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional

 

Apoio e Indexação:

LATINDEX

 

Crossref Similarity Check logo