Fluxo Migratório e a Ação Pedagógica dos Professores de Educação

Vera Regina Oliveira Diehl, Vicente Molina Neto

Resumo


Este artigo discute o fluxo migratório das famílias e, consequentemente, dos estudantes, como um fenômeno de caráter microssocial que reflete as grandes mudanças que vêm ocorrendo na sociedade contemporânea e que interfere significativamente na ação pedagógica dos professores e, de modo especial, do professorado de Educação Física. O estudo evidencia que compreender as profundas mudanças em curso no mundo atual pode ajudar os docentes de Educação Física a rever suas antigas referências pedagógicas e sociais a partir de um novo olhar lançado sobre o contexto histórico e social e, assim, a criar novas formas de lidar com as mudanças sociais cujos efeitos se manifestam no interior das escolas.


Palavras-chave


fluxo migratório; mudanças sociais; ação pedagógica; educação física.

Texto completo:

PDF


Direitos autorais

Educação & Realidade - ISSN 0100-3143 (impresso) e 2175-6236 (online)

 

Licença Creative Commons
Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional

 

Apoio e Indexação:

LATINDEX

 

Crossref Similarity Check logo