Saber Digital e suas Urgências: reflexões sobre imigrantes e nativos digitais

Patricia Margarida Farias Coelho, Marcos Rogério Martins Costa, João Augusto Mattar Neto

Resumo


São debatidas na esfera educacional as propostas de Don Tapscott (apud Prescott, 2008) e de Prensky (2012) que evidenciam o surgimento de uma nova geração de indivíduos associada às Tecnologias da Informação e Comunicação (TICs). Este estudo vem refletir sobre as interferências e as potencialidades das TICs, propondo uma escala entre os saberes dos nativos e imigrantes digitais (Prensky, 2001), a partir da perspectiva teórico-metodológica da semiótica francesa (Fontanille; Zilberberg, 2001). São também discutidas as principais políticas educacionais no contexto brasileiro em prol da educação digital, desde a formação de professores à implementação de tecnologias nas unidades escolares. Da teoria à prática pedagógica, é o caminho traçado neste estudo.

Palavras-chave


Educação; Semiótica; Saber Digital; Nativo Digital; Imigrante Digital

Texto completo:

Acesso ao artigo


Direitos autorais 2018 Educação & Realidade

Educação & Realidade - ISSN 0100-3143 (impresso) e 2175-6236 (online)

 

Licença Creative Commons
Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional

 

Apoio e Indexação:

LATINDEX

 

Crossref Similarity Check logo