Prática Pedagógica pensada na indissociabilidade conhecimento-subjetividade

Margarete Axt, Cleci Maraschin

Resumo


Uma Prática Pedagógica voltada para ambientes-de-conhecimento-significativos propõe o deslocamento da perspectiva do observador de fora do campo observacional para seu interior, implicando ruptura na coerência/estabilidade do sistema cognitivoexplicativo e, logo, devido à crise provocada, a necessidade de construção de novo sistema de relações. A imersão de professores da Costa Rica em um Curso de Especialização à Distância, realizado pelo LEC-UFRGS (Brasil) em ambiente telemático,
possibilitou visibilizar todo esse processo, desde a tomada de consciência da insuficiência abrindo caminho para uma desestruturação epistemológica e conseqüente ruptura de coerência, até a re-construção do sistema de relações. Observação/narração da própria prática, seguida de interlocução/reflexão partilhada com o outro (colegas, autores/ teorias), constituem condições cognitivas para uma subjetividade com inserção política mais crítica e eficaz no âmbito educativo.


Palavras-chave


prática pedagógica; educação à distância; ambiente de conhecimento telemático; cognição e subjetividade

Texto completo:

PDF


Direitos autorais 2017 Margarete Axt, Cleci Maraschin

Educação & Realidade - ISSN 0100-3143 (impresso) e 2175-6236 (online)

 

Licença Creative Commons
Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional

 

Apoio e Indexação:

LATINDEX

 

Crossref Similarity Check logo