Crianças e adolescentes no Rio Grande do Sul: trabalho e analfabetismo

Alceu R. Ferraro

Resumo


O presente texto é parte da pesquisa sobre a reprodução do analfabetismo no Rio Grande do Sul nos anos 90. Ele focaliza a relação entre participação de crianças e adolescentes no mercado de trabalho e analfabetismo. Em particular, examina, com base em novos dados censitários, uma hipótese do início dos anos 60, segundo a qual o fato de os meninos apresentarem taxas mais baixas de alfabetização do que as meninas é resultado de uma presença maior daqueles do que destas no mercado de trabalho.


Palavras-chave


crianças e adolescentes, trabalho infantil, analfabetismo, trabalho infantil e analfabetismo

Texto completo:

PDF


Direitos autorais 2017 Alceu R. Ferraro

Educação & Realidade - ISSN 0100-3143 (impresso) e 2175-6236 (online)

 

Licença Creative Commons
Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional

 

Apoio e Indexação:

LATINDEX

 

Crossref Similarity Check logo