Ela ensina com amor e carinho, mas toda enfezada, danada da vida: representações da professora na literatura infantil

Rosa Maria Hessel Silveira

Resumo


Quais as representações dominantes de professora encontradas na literatura infantil disponível às crianças brasileiras? Para responder a esta pergunta, o trabalho se debruça sobre um conjunto de 30 obras de literatura infantil, publicadas no país a partir de 1980, escolhidas entre aquelas em que ola professor/a desempenha papel principal ou secundário. Analisou-se o discurso escrito dessas obras e, a partir das representações dominantes, apresentam-se as seções: 1. Apresentando a escola (análise de representações da mestra como elemento de um mundo escolar harmonioso), 2. Quanto mau humor (análise da faceta repressiva e destemperada das personagens professoras), e 3. E surge a nova professora (análise das obras em que, de forma quase programática, a professora é uma personagem delineada conforme o ideal do discurso pedagógico mais recente).


Palavras-chave


representação, professora, literatura infantil, trabalho docente

Texto completo:

PDF


Direitos autorais 2017 Rosa Maria Hessel Silveira

Educação & Realidade - ISSN 0100-3143 (impresso) e 2175-6236 (online)

 

Licença Creative Commons
Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional

 

Apoio e Indexação:

LATINDEX

 

Crossref Similarity Check logo