Aproximação Hermenêutica a Vygotsky: entre a arqueologia e o possível

Gilmar Francisco Bonamigo

Resumo


Este ensaio trata de dois movimentos constitutivos em Lev Vygotsky apreendidos por uma incursão em duas de suas obras: O Desenvolvimento dos Processos Psicológicos Superiores (2000) e Pensamento e Linguagem (1991). Tais movimentos podem ser ditos como arqueologia em movimento e abertura do possível. Pelo primeiro, acompanhamos um retorno na direção da ontogênese e da filogênese do processo dialético de desenvolvimento e de aprendizado; pelo segundo, apreendemos o significado da inscrição da educação sobretudo na Zona de Desenvolvimento Proximal, com as consequências metodológicas e práticas que isso implica. A metodologia que utilizamos é a pesquisa bibliográfica conduzida sob inspiração da Hermenêutica Crítica de Paul Ricoeur.


Palavras-chave


Linguagem. Desenvolvimento. Aprendizado. Arqueologia. Possível.



Direitos autorais 2017 Gilmar Francisco Bonamigo

Educação & Realidade - ISSN 0100-3143 (impresso) e 2175-6236 (online)

 

Licença Creative Commons
Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional

 

Apoio e Indexação:

LATINDEX

 

Crossref Similarity Check logo