O problema da experiência no ensino de filosofia.

Rodrigo Gelamo

Resumo


A questão central do artigo consiste em pensar o ensino de filosofia como experiência filosófica. Pensar em tal possibilidade de ensino na contemporaneidade é deparar-se com a problemática filosófica da experiência. Walter Benjamin dizia que fomos expropriados da experiência. Como podemos, então, pensar um ensino de filosofia que se paute na experiência de filosofar,
no qual a experiência se confunda com o próprio modus operandis do ensino?
Distanciando-nos dessa perspectiva, pensamos que o ensino da filosofia se dê entre o
empírico e o transcendental, no indizível deleuziano. Assim, o ensino da filosofia estaria
na experimentação de pensar o impensável ou como um pensar in-fante.

Palavras-chave


experiência, ensino de filosofia, filosofia contemporânea.

Texto completo:

PDF


Direitos autorais

Educação & Realidade - ISSN 0100-3143 (impresso) e 2175-6236 (online)

 

Licença Creative Commons
Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional

 

Apoio e Indexação:

LATINDEX

 

Crossref Similarity Check logo