Tempos Pretéritos e Escolhas de Futuro: a Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo e a formação docente

Diana Gonçalves Vidal, Bruno Bontempi Jr., Maria Angela Borges Salvadori

Resumo


O presente artigo objetiva retraçar o itinerário da Faculdade de Educação (USP) procurando, a partir da experiência dos sujeitos, articular história e memória. Organiza-se em três partes: a primeira abrange a década de 1930, tempo de criação do Instituto de Educação de São Paulo e fundação da USP. A segunda, entre 1940 e 1960, trata da acomodação do antigo instituto na Seção de Pedagogia da Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras. A terceira debruça-se sobre a FEUSP em seu percurso mais recente. Buscou-se recuperar as tradições que estiveram na origem da instituição, seus desdobramentos ao longo do tempo e os modos como aqueles que a constituíram enfrentaram os desafios que cada período colocou.


Palavras-chave


Educação Básica. Formação de Professores. História da Educação. Ensino Superior. Memória.

Texto completo:

Acesso ao artigo


Direitos autorais 2016 Educação & Realidade

Educação & Realidade - ISSN 0100-3143 (impresso) e 2175-6236 (online)

 

Licença Creative Commons
Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional

 

Apoio e Indexação:

LATINDEX

 

Crossref Similarity Check logo