O Franciscano e o Jesuíta: tradições da educação brasileira

Luiz Fernando Conde Sangenis

Resumo


O franciscano e o jesuíta são tradições culturais do Ocidente nascidas na Europa e expandidas aos quatro cantos do mundo. Tratamos das circunstâncias particulares dessa presença na América e no Brasil. Aqui são concebidos ao modo de tipos ideais dialogantes, que compuseram criativa tensão no âmbito da nossa história educacional. Desejamos realçar a tradição franciscana que permanece secundarizada pelos pesquisadores e autores, mesmo em textos fundamentais para a decifração do Brasil. No esforço de compreensão do franciscano e do jesuíta, e a partir da imbricação da temática com o campo da educação colonial, lançamos mão de textos e de autores paradigmáticos de ambas as tradições, em especial, de Gilberto Freyre e de Fernando de Azevedo.

Palavras-chave


Franciscano; Jesuíta; Educação Colonial Brasileira; Gilberto Freyre; Fernando de Azevedo

Texto completo:

Acesso ao artigo


Direitos autorais 2018 Educação & Realidade

Educação & Realidade - ISSN 0100-3143 (impresso) e 2175-6236 (online)

 

Licença Creative Commons
Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional

 

Apoio e Indexação:

LATINDEX

 

Crossref Similarity Check logo