A Sala de Aula como um Espaço que Constitui a Identidade Gaúcha

Letícia Richthofen de Freitas

Resumo


Este artigo objetiva fazer uma reflexão sobre a construção da identidade gaúcha e sobre a importância da Escola enquanto um espaço singular, no qual se aprendem determinados conceitos identitários. Entendo que, apesar de esses conceitos estarem presentes durante toda a vida escolar de alunos e alunas, é nas primeiras séries do Ensino Fundamental que eles são privilegiados. Considerando-se que a identidade cultural e social é definida através de lutas dos diferentes grupos pela imposição de determinados significados, analiso, a partir de uma perspectiva não-essencialista da identidade, como se formou a representação hegemônica do “ser gaúcho” a partir da figura do mito do gaúcho, para, a seguir, discutir o papel da Escola como um espaço privilegiado na construção dessa identidade gaúcha hegemônica.

Palavras-chave


Escola. Identidade. Gauchismo.

Texto completo:

PDF


Direitos autorais

Educação & Realidade - ISSN 0100-3143 (impresso) e 2175-6236 (online)

 

Licença Creative Commons
Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional

 

Apoio e Indexação:

LATINDEX

 

Crossref Similarity Check logo