Sexualização e Erotização: emancipação e integração do amor e do sexo

Cas Wouters

Resumo


O artigo trata das recentes mudanças nas relações românticas e sexuais entre os jovens. A perspectiva centra-se na emancipação de mulheres e jovens desde a década de 1880, momento em que os códigos sociais que dominam as relações entre mulheres e homens, pais e filhos, ganharam maior leniência. Umas e outros tiveram de aprender como se tornar sujeitos sexuais e também objetos sexuais, desenvolvendo um equilíbrio gratificante entre os dois, em processos de tentativa e erro que envolveram esforços de conectar intimidade sexual e relacional em surtos subsequentes de sexualização e erotização. O artigo aponta momentos significativos
nesses processos e levanta a questão de onde estamos agora.


Palavras-chave


Sexualização. Erotização. Balança de Poder. Informalização. Regulação das Emoções.



Direitos autorais 2017 Educação & Realidade

Educação & Realidade - ISSN 0100-3143 (impresso) e 2175-6236 (online)

 

Licença Creative Commons
Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional

 

Apoio e Indexação:

LATINDEX

 

Crossref Similarity Check logo