Avaliação/Intervenção Dinâmica: o seu valor interno bruto (VIB)

Ana Paula Couceiro Figueira

Resumo


Pretende equacionar-se as potencialidades da avaliação/intervenção dinâmica em contexto psicológico, neuropsicológico e educacional, ou seja, o seu valor interno bruto, não olvidando as suas limitações e constrangimentos, aventando-se a possibilidade de atualização em concomitância com outras modalidades. Não sendo uma estratégia nova, julgada passível de utilização, sugere-se o retorno a Vygotsky e a revisão do percebido parente mais pobre destas áreas de análise. Neste contexto, revemos os conceitos de ajuda, os andaimes, a aprendizagem recíproca e por pares, as vantagens da interação na aprendizagem.


Palavras-chave


Avaliação. Intervenção. Dinâmica. Autêntica. Vygotsky.

Texto completo:

Acesso ao artigo


Direitos autorais 2017

Educação & Realidade - ISSN 0100-3143 (impresso) e 2175-6236 (online)

 

Licença Creative Commons
Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional

 

Apoio e Indexação:

LATINDEX

 

Crossref Similarity Check logo