Tempo de Escola ou Tempo de Aprender? lições de José Luiz

William Rodrigues Barbosa

Resumo


O artigo reflete sobre o tempo da escola no contexto da sociedade contemporânea, que exige processos contínuos de aprendizagens. O estudo faz-se a partir das vivências de José Luiz da Silva, que se tornou leitor e escritor de seu próprio texto sem frequentar educação básica escolar. Com base nos pressupostos da pesquisa (auto)biográfica em educação e da História Oral, apoiado no conceito de redes de tessituras, persigo os fios que constituíram as aprendizagens do colaborador, sobretudo seus processos de leituras e experiências escolares. Reflexiono sobre a forma que a escola vem sendo estruturada como espaço privilegiado de ensino-aprendizagem, mostrando que o tempo escola não deve limitar-se a uma fase específica da vida humana.

Palavras-chave


Tempo da Escola. Protagonista Anônimo. Aprendizagens. Educação de Jovens, Adultos e Idosos.



Direitos autorais 2016

Educação & Realidade - ISSN 0100-3143 (impresso) e 2175-6236 (online)

 

Licença Creative Commons
Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional

 

Apoio e Indexação:

LATINDEX

 

Crossref Similarity Check logo