O Impacto do Programa São Paulo faz Escola em Professores Iniciantes

Ricardo Abdalla Barros, Maria Antonia Ramos de Azevedo

Resumo


Este trabalho procurou potencializar reflexões acerca do trabalho docente de professores iniciantes da área de Língua Portuguesa e Literatura que atuam no contexto do Programa São Paulo faz escola. Para isso realizamos uma pesquisa qualitativa por meio de um estudo de caso, no qual se inseriram: análise documental, entrevistas e acompanhamento desses docentes.  É visível nos dados analisados o sentimento de que foi retirado desses professores a autoria e a autonomia de intervenção profissional. Além disso, observamos a pressão que os docentes sofrem para que os alunos, nas avaliações meramente quantitativas da aprendizagem, apresentem notas altas, desconsiderando por completo o processo vivido no decorrer do ano letivo.


Palavras-chave


Trabalho Docente. Currículo do Estado de São Paulo. Ensino de Língua Portuguesa e Literatura. Professores Iniciantes.



Direitos autorais

Educação & Realidade - ISSN 0100-3143 (impresso) e 2175-6236 (online)

 

Licença Creative Commons
Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional

 

Apoio e Indexação:

LATINDEX

 

Crossref Similarity Check logo