Habermas e a Transformação Pós-Moderna do Conceito de Formação

Rosa Maria F. Martini

Resumo


A relação entre educação e formação na modernidade é destacada para analisar a transformação
da categoria formação no contexto do pensamento pós-moderno de Habermas.
A teoria da ação comunicativa de Habermas destranscendentaliza a razão iluminista,
transformada em racionalidade presente na ação comunicativa. A racionalidade comunicativa
se expressa por meio de argumentações cognitivas, morais e expressivas que
constituem aprendizagens sociais, configuradoras de processos formativos. Tais processos
exigem, para sua compreensão e reconstrução, um trabalho articulado da Filosofia
com as Ciências Sociais, possibilitador da transformação do conceito monológico
de formação do Iluminismo em processos dialógicos que resultam em significativas
conseqüências para a compreensão crítica da ação educativa na pós-modernidade.


Palavras-chave


Ação Comunicativa. Ação Educativa. Formação. Aprendizagem Social.

Texto completo:

PDF


Direitos autorais

Educação & Realidade - ISSN 0100-3143 (impresso) e 2175-6236 (online)

 

Licença Creative Commons
Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional

 

Apoio e Indexação:

LATINDEX

 

Crossref Similarity Check logo