Pessoas com Deficiência e Escola: principais mudanças na experiência italiana

Giovanna Di Pasquale, Marina Maselli

Resumo


O texto analisa a experiência italiana de inclusão escolar
das pessoas com deficiência, destacando os dispositivos normativos que estabeleceram a transição para um sistema que tem a inclusão como a diretriz fundamental para toda a educação nacional desde os anos de 1970. Na análise, mostra-se a complexidade de instituição de uma política que
contempla: a colaboração necessária entre os vários profissionais, a ligação família-escola, a construção de percursos personalizados integrados ao planejamento coletivo para a classe, a formação de professores, a orientação
escolar e profissional. Considera-se a educação como parte de um plano de vida da pessoa com deficiência e a construção de seus modos de
participar ativamente da vida social.


Palavras-chave


Educação Especial. Deficiência. Inclusão Escolar. Política Educacional.

Texto completo:

Acesso ao artigo


Direitos autorais

Educação & Realidade - ISSN 0100-3143 (impresso) e 2175-6236 (online)

 

Licença Creative Commons
Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional

 

Apoio e Indexação:

LATINDEX

 

Crossref Similarity Check logo