Atos de Ler a Educação Especial na Educação Infantil: reordenações políticas e os serviços educacionais especializados

Fabiane Romano de Souza Bridi, Melina Chassot Benincasa Meirelles

Resumo


O presente artigo
objetiva produzir uma leitura sobre a oferta dos serviços de Educação
Especial na Educação Infantil e seus modos de organização no contexto
da Rede Municipal de Ensino de Santa Maria (RME/SM). Como questões norteadoras, indagamos de que forma as reordenações políticas no campo educacional incidem sobre a oferta da Educação Especial na Educação Infantil? Como a leitura de um contexto específico, no caso a RME/SM, sinaliza tais mudanças na oferta da Educação Especial na Educação Infantil? Para fins de análise, foram utilizadas informações do Censo da Educação Básica. Como possíveis leituras, destacamos a necessidade de ampliação das matrículas dos alunos da Educação Especial na Educação Infantil e a oferta dos serviços especializados a essas crianças; um olhar atento para os processos de identificação e diagnóstico e para as ações de preenchimento
do Censo Escolar.


Palavras-chave


Educação Infantil. Educação Especial. Inclusão Escolar. Censo da Educação Básica.

Texto completo:

Acesso ao artigo


Direitos autorais

Educação & Realidade - ISSN 0100-3143 (impresso) e 2175-6236 (online)

 

Licença Creative Commons
Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional

 

Apoio e Indexação:

LATINDEX

 

Crossref Similarity Check logo