O que a Formação Contínua deve Contemplar?: o que dizem os professores

Monica Fürkotter, Cristiano Amaral Garboggini Di Giorgi, Yoshie Ussami Ferrari Leite, Maria Raquel Miotto Morelatti, Vanda Moreira Machado Lima, Naiara Mendonça Leone

Resumo


Este artigo apresenta o perfil de professores de redes municipais e identifica aspectos que, segundo eles, devem nortear os processos de formação contínua. A pesquisa desenvolveu-se junto a 533 professores de escolas públicas de 10 municípios do Estado de São Paulo. A abordagem metodológica foi quantitativa, do tipo survey descritivo. Usamos um questionário para coleta dos dados empíricos e a análise de conteúdo para categorização das informações. Constatamos aspectos significativos que podem nortear propostas de políticas de formação contínua, partindo das necessidades e expectativas docentes, procurando articular a teoria e a prática. Tais aspectos são relevantes para que a formação contínua cumpra
efetivamente o seu papel.


Palavras-chave


Formação Contínua de Professores. Necessidades Formativas. Desenvolvimento Profissional.

Texto completo:

Acesso ao artigo


Direitos autorais

Educação & Realidade - ISSN 0100-3143 (impresso) e 2175-6236 (online)

 

Licença Creative Commons
Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional

 

Apoio e Indexação:

LATINDEX

 

Crossref Similarity Check logo