Migração, Diversidade Cultural e Educação de Jovens e Adultos no Brasil

Sonia de Vargas

Resumo


O objetivo deste trabalho é refletir sobre as relações entre o movimento migratório de pessoas que não tiveram acesso à escola na idade própria e as questões politico-pedagógicas que se colocam na EJA, considerando a formação continuada dos professores, centrada na diversidade cultural, como um dos meios de superar os problemas educativos atuais. Assim, na primeira parte do trabalho, apresentamos as características históricas da educação de jovens e adultos no Brasil, considerando os dados sobre o analfabetismo e o analfabetismo funcional como um dos indicadores do quadro atual das desigualdades socioeducativas. Na segunda parte, procuramos refletir sobre alguns princípios teórico-metodológicos que consideramos fundamentais na elaboração de projetos politico-pedagógicos de formação de professores de jovens e adultos, tais como: o diálogo e a construção de saberes; a participação c a formação da cidadania; a diversidade cultural, a coesão social e a educação.

Palavras-chave


Migração, diversidade cultural, educação de jovens e adultos, formação de formadores.

Texto completo:

PDF


Direitos autorais

Educação & Realidade - ISSN 0100-3143 (impresso) e 2175-6236 (online)

 

Licença Creative Commons
Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional

 

Apoio e Indexação:

LATINDEX

 

Crossref Similarity Check logo