Fotografias Escolares como Evento na Pesquisa em Educação

Gustavo E. Fischman, Gabriela Cruder

Resumo


Em um mundo cada vez mais globalizado e, simultaneamente, fragmentado (no qual as fronteiras fixas das comunidades e agências tradicionais tais como a família, a escola e a nação estão constantemente sendo desafiadas e realocadas) é necessário desenvolver outros instrumentos e metodologias que melhor exponham as complexidades dessas transformações. Esse artigo propõe que uma das possíveis abordagens para melhor entender a fragmentação dos contextos sociais, as novas dinâmicas sociais, políticas e culturais e suas implicações para a educação comparada, é analisar símbolos culturais recorrentes do cotidiano, tais como fotos escolares, como objetos alegóricos. Como esse artigo vai discutir utilizando fotografias escolares como dados de pesquisa, essa não é um projeto trivial, idealista ou mecânico e requer o desenvolvimento de novas maneiras de ver.

Palavras-chave


Educação comparada, cultura visual, fotografia, perspectivas pósfundacionais

Texto completo:

PDF


Direitos autorais

Educação & Realidade - ISSN 0100-3143 (impresso) e 2175-6236 (online)

 

Licença Creative Commons
Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional

 

Apoio e Indexação:

LATINDEX

 

Crossref Similarity Check logo