A Formação Inicial do Educador de Jovens e Adultos

Leôncio Soares, Fernanda Maurício Simões

Resumo


O artigo apresenta reflexões acerca da formação inicial do educador de jovens e adultos na UFMG, a partir de pesquisa com os egressos do curso de Pedagogia com habilitação nessa área. Abordando desde a criação da habilitação – em EJA em 1986 até 2002 –, analisa a pertinência da profissionalização desse educador, o significado da formação inicial em EJA para os egressos e para os professores da habilitação e a inserção dos egressos no campo de trabalho. O artigo conclui que, apesar da crescente visibilidade da EJA, tanto no campo de atuação como nos estudos e pesquisas, não existe uma relação direta entre formação inicial na Universidade e campo de atuação. A formação de profissionais na área pode contribuir para a (re)configuração deste campo de trabalho, além de atender com maior qualidade as populações da EJA.

Palavras-chave


formação do educador; educação de jovens e adultos.

Texto completo:

PDF


Direitos autorais

Educação & Realidade - ISSN 0100-3143 (impresso) e 2175-6236 (online)

 

Licença Creative Commons
Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional

 

Apoio e Indexação:

LATINDEX

 

Crossref Similarity Check logo