Pensar a Pedagogia com Deleuze e Guattari: amizade na perspectiva do aprender

Hélio Rebello Cardoso Jr.

Resumo


O presente artigo parte da proposição de uma pedagogia do conceito, segundo Deleuze e Guattari. Com base na mesma, isola-se e explora-se a idéia de que todo pensamento exige, como sua condição interna, "traços relacionais". Dos traços relacionais definidos pela pedagogia do conceito, enfatiza-se o "amigo" como personagem que caracteriza um dado pensamento. Nota-se que o conceito de amizade, em Deleuze e Guattari, está calcado numa teoria das relações de caráter empirista e pragmatista. O amigo é um personagem do pensamento de Deleuze e Guattari que permite pensar na relação entre um devir-mestre e um aluno-bumerangue como traços relacionais de uma pedagogia singular, calcada na diferença conceitual entre "saber" e "aprender".

Palavras-chave


Deleuze. Guattari. Pedagogia. Educação.

Texto completo:

PDF


Direitos autorais

Educação & Realidade - ISSN 0100-3143 (impresso) e 2175-6236 (online)

 

Licença Creative Commons
Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional

 

Apoio e Indexação:

LATINDEX

 

Crossref Similarity Check logo