O Dizer da Professora: para além da indignação

Dóris Maria Luzzardi Fiss

Resumo


O tema deste trabalho é a constituição heterogênea dos sujeitos e dos sentidos considerada a partir da análise discursiva de formulações produzidas por uma professora da rede pública estadual. O objetivo da análise é perceber que efeitos de sentido sobre a condição do ser professor e as diferentes relações estabelecidas nas práticas de que ele participa na escola e fora dela estão presentes nas formulações dos sujeitos, evidenciando seus deslocamentos de posição. Com este propósito, articulam-se noções de memória e acontecimento, entre-lugares, heterogeneidade e sujeito dividido. Conclui-se, a partir da análise, que o sujeito-professora é um sujeito processual que se constitui em função dos deslocamentos que produz, um sujeito que se constitui nos e pelos processos que protagoniza, nas bordas intervalares da realidade, nos entre-lugares.

Palavras-chave


Discurso Pedagógico. Análise de Discurso. Entre-lugares. Trabalho Docente. Heterogeneidade.

Texto completo:

PDF


Direitos autorais

Educação & Realidade - ISSN 0100-3143 (impresso) e 2175-6236 (online)

 

Licença Creative Commons
Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional

 

Apoio e Indexação:

LATINDEX

 

Crossref Similarity Check logo