As Singularidades das Crianças Pequenas Expressas nas suas Brincadeiras

Bruna Prange, Regina Ingrid Bragagnolo

Resumo


Ao contextualizar no sistema educacional a homogeneização das vivências de seus sujeitos, que desvaloriza suas particularidades, este artigo problematiza as manifestações das singularidades das crianças pequenas em momentos de brincadeira. Objetivou-se compreender como tais manifestações ocorrem, considerando a singularidade das crianças pequenas em suas brincadeiras, compreendendo a diversidade do seu repertório cultural, identificando seus aspectos particulares e suas significações nesses momentos. Realizaram-se observações participantes com um grupo de dezenove crianças com quatro anos de idade, durante oito encontros. Os registros de diário de campo permitiram a análise das vivências das crianças, assim como a manifestação de diversos elementos singulares durante as brincadeiras, as quais são intimamente associadas ao contexto social em que os sujeitos estão inseridos.


Palavras-chave


Singularidade. Crianças Pequenas. Brincadeiras.

Texto completo:

PDF


Direitos autorais

Educação & Realidade - ISSN 0100-3143 (impresso) e 2175-6236 (online)

 

Licença Creative Commons
Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional

 

Apoio e Indexação:

LATINDEX

 

Crossref Similarity Check logo