Educação das Crianças Pequenas: da lógica cultural e familiar as políticas públicas

Simone Santos de Albuquerque

Resumo


O artigo discute a educação das crianças pequenas no que se refere ao paradoxo entre o ordenamento legal, os discursos e a realidade vivenciada pelas
crianças e suas famílias, tendo como base uma pesquisa que buscou compreender como
alguns grupos de famílias, dos meios populares de um bairro da periferia urbana do
Município de Rio Grande, estruturam suas práticas e lógicas de cuidado/educação das
crianças pequenas. O estudo aponta que a lógica cultural familiar está associada a uma
obrigação moral em que a família não deseja delegar, mas sim compartilhar e socializarse,
junto com as crianças; apresenta-se a possibilidade de pensar para além dos modelos
existentes de creches e pré-escolas. Por fim, problematiza as relações entre as famílias
e as instituições escolares, pois esta tem sido a única política educativa vivenciada pelas
famílias.


Palavras-chave


Educação Infantil. Contexto Familiar. Políticas Públicas.

Texto completo:

PDF


Direitos autorais

Educação & Realidade - ISSN 0100-3143 (impresso) e 2175-6236 (online)

 

Licença Creative Commons
Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional

 

Apoio e Indexação:

LATINDEX

 

Crossref Similarity Check logo