A construção simultânea da resposta à aids e das presenças do religioso no espaço público: reflexões a partir do 1º Seminário Aids e Religião do Rio Grande do Sul

Marcello Múscari

Resumo


O presente artigo busca avançar na discussão acerca das presenças do religioso no espaço público e, especificamente, apresentar, a partir da narrativa do 1º Seminário Aids e Religião do Rio Grande do Sul, como se dá a regulação difusa do religioso no Brasil, tal como proposto por Giumbelli (2002). A partir da apresentação da organização do seminário, do evento propriamente dito, bem como de alguns dos seus desdobramentos, busco mostrar como durante a efetivação de políticas de combate à aids, ocorre também o estabelecimento de limites e contornos do que se espera do religioso em sua participação na vida pública do país. Mais amplamente, pode-se perceber o impacto da política pública narrada sobre o cenário religioso local, o que leva a refletir sobre as mutuas construções evolvendo religião e política.

Palavras-chave


Aids e Religião; Religião e Espaço público; Regulação do religioso; Laicidade; Antropologia;

Texto completo:

PDF Resumo


DOI: https://doi.org/10.22456/1982-8136.26763



Direitos autorais

Porto Alegre: UFRGS, IFCH, PPGAS, 1997 – Semestral - ISSN 1519-843X – ISSN 1982-8136 (eletrônico) Os conteúdos de Debates do NER estão licenciados em CC BY.