Comida de Roncó: alimentação e performance no Candomblé

Autores

  • Laís Ribeiro Monteiro Nutricionista no Centro Universitário Uninassau, pós-graduanda em Ciências Fisiológicas na Universidade Estadual do Ceará (UECE).
  • Patrício Carneiro Araújo Professor de Antropologia na Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira (UNILAB), coordenador do “TiernoBokar: Núcleo de estudos e pesquisas sobre o fenômeno religioso” (CNPq/UNILAB). Autor de A mesa das autoridades: o comer e o poder no candomblé (2020) (No prelo).

Resumo

Este artigo trata da relação existente entre alimentação, saúde e performance em contextos rituais do candomblé, resultantes das reflexões de dois pesquisadores de campos distintos do conhecimento científico. Esses mesmos pesquisadores observam práticas religiosas e alimentares há mais de uma década. Trata-se de uma análise multidisciplinar acerca de material etnográfico coletado em terreiros de São Paulo e Fortaleza. A coleta se deu por meio de observações sistemáticas de ritos alimentares em contextos semissecretos ligados à reclusão dos religiosos para períodos de ritualizações. Ao confrontar a ementa servida a essas pessoas com os conhecimentos da ciência da Nutrição, é possível perceber que os saberes tradicionais estão repletos de conhecimentos científicos, mesmo que os religiosos não tenham consciência disso. Ao final se comprova que o bom desempenho na dança dos Òrìṣá também é resultante da energia adquirida com a alimentação praticada no roncó.


Palavras-chave: Alimentação. Performance. Nutrição. Candomblé.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Laís Ribeiro Monteiro, Nutricionista no Centro Universitário Uninassau, pós-graduanda em Ciências Fisiológicas na Universidade Estadual do Ceará (UECE).

Nutricionista no Centro Universitário Uninassau, pós-graduanda em Ciências Fisiológicas na Universidade Estadual do Ceará (UECE).

Patrício Carneiro Araújo, Professor de Antropologia na Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira (UNILAB), coordenador do “TiernoBokar: Núcleo de estudos e pesquisas sobre o fenômeno religioso” (CNPq/UNILAB). Autor de A mesa das autoridades: o comer e o poder no candomblé (2020) (No prelo).

Professor de Antropologia na Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira (UNILAB), coordenador do “TiernoBokar: Núcleo de estudos e pesquisas sobre o fenômeno religioso” (CNPq/UNILAB). Autor de A mesa das autoridades: o comer e o poder no candomblé (2020) (No prelo).

Downloads

Publicado

2020-12-21