Intersecções de letramento literário em língua materna e língua estrangeira

Fernanda Boarin Boechat, Catarina Portinho-Nauiack

Resumo


A arte tem lugar fundamental para pensarmos cultura e sociedade. Assim, a literatura
é tratada aqui como discurso social que pode ser debatido. Discutiremos o ensino de Literatura
em LE em diálogo com práticas de Letramento literário em Língua Materna (LM). Para tanto,
abandona-se a abordagem centrada na competência linguística do aluno em LE. Inicia-se pela
ativação/construção de um repertório prévio em LM, que será base para a leitura em LE. Dessa
forma, é possível preservar a potencialidade da leitura de literatura, entendida como medium
de construção de um universo histórico-cultural e posicionamento crítico do sujeito. Como
exemplo, apresentaremos uma proposta de aproximação pedagógica e intercultural com
romances do gênero discursivo Bildungsroman.

Texto completo:

PDF


Contingentia está indexada nas seguintes bases:

ISSN:1980-7589