v. 7, n. 7 (2012)

O Funcionamento da tradução e os desafios da experiência de traduzir

O sétimo volume da  REVISTA CONEXÃO intitulado ‘O Funcionamento da Tradução e os Desafios da Experiência de Traduzir’ propõe-se a apresentar estudos desenvolvidos  nas áreas de Linguística e de Literatura em torno da temática da tradução. Queremos dar destaque, a este tema, por entender que se trata de uma área de estudos que necessita de produção científica no Brasil.

O ato de traduzir, como uma prática logocêntrica, requer um acúmulo de saberes e de experiências que envolvem, notadamente, diálogos entre diferentes áreas de conhecimento e entre múltiplas culturas. É a partir de tais diálogos que emergem as reflexões acerca das possibilidades de obtenção de equivalências de sentido entre línguas, e  que, não raro, precisam traduzir realidades que parecem ser intransponíveis e que, por isso, tornam-se, não raro, pouco acessíveis à prática da tradução.

Não obstante tais dificuldades façam parte da realidade de trabalho do tradutor, como problemas que se armam em seu cotidiano e que demandam soluções objetivas, não é com base em alternativas puramente logocêntricas que o tradutor irá resolvê-las, pois nas práticas tradutórias também entram em jogo juízos de valor, “vácuos” temporais entre os textos que são objeto da tradução e os textos a serem traduzidos, bem como formas subjetivas de apreensão das determinações históricas que subjazem aos textos a serem traduzidos. 

Sumário

Apresentação

Apresentação
 
PDF

Artigos

Patrícia Ramos Reuillard, Cleci Regina Bevilacqua
PDF
Luciana Montemezzo
PDF
Paula Ávila Nunes
PDF
Guilherme da Silva Braga
PDF
Heloisa Monteiro Rosário
PDF
Francisca Eugênia dos Santos, Ana dos Santos Marques
PDF
Fabiele Stockmans de Nardi, Sinara de Oliveira Branco
PDF

Entrevista

Ana Zandwais entrevista o Professor Adail Sobral: sobre o fazer tradutório
Ana Zandwais
PDF

Resenha

As “Palavras Voadoras” de Passageiro Frequente, de Mia Couto
Neiva Kampff Garcia
PDF
Pepetela, Contos de morte
Donizeth Santos
PDF
Avante, soldados: para trás
Emílio Davi Sampaio
PDF