A língua Moldava nomeia o quê?

Patrick Sériot

Resumo


Este estudo propõe uma reflexão em torno das políticas linguísticas desencadeadas no Leste Europeu, investigando o problema das disputas entre as línguas Moldava e Romena. Ao questionar o que se inscreve na ação de nomear uma língua e analisar as especificidades e os argumentos históricos apresentados pelos cidadãos Romenos e Moldavos buscamos compreender as origens do nacionalismo em cada uma das nações.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22456/2594-8962.98159

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista Conexão Letras - Programa de Pós-Graduação em Letras da Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Instituto de Letras

Av. Bento Gonçalves, 9500 - Bairro Agronomia

CEP: 91540-000

www.seer.ufrgs.br/conexaoletras

E-mail de contato: revistaconexao.letras@gmail.com