Possíveis leituras de “Foi Propaganda Mesmo Que Você Disse?” de Michel Pêcheux

Ana Zandwais

Resumo


Este estudo busca refletir sobre as origens do termo propaganda durante o início do século XX nos Estados Unidos e em países europeus do “Leste e do Oeste” com vistas à produção de uma análise sobre os meios e os fins que conduzem seus diferentes empregos, de acordo com interesses econômicos e políticos em sociedades liberais e regimes totalitários. Ao abordar as formas através das quais o termo é utilizado e os sentidos que adquire, acompanhando a abordagem do filósofo francês Michel Pêcheux, buscamos ilustrar como este tipo de discurso funciona até os dias atuais.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22456/2594-8962.98121

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista Conexão Letras - Programa de Pós-Graduação em Letras da Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Instituto de Letras

Av. Bento Gonçalves, 9500 - Bairro Agronomia

CEP: 91540-000

www.seer.ufrgs.br/conexaoletras

E-mail de contato: revistaconexao.letras@gmail.com