"Filhos de Deus" ou Cabo Verde revelado pelas vozes femininas de Dina Salústio

Demétrio Alves Paz

Resumo


Bernardina de Oliveira Salústio, nascida em 1941, na Ilha de Santo Antão, Cabo Verde, é autora das obras Mornas eram as noites (1994), A louca de Serrano (1998), A estrelinha Tlim, Tlim (1998), O que os olhos não veem (2002), Filha do Vento (2009) e Filhos de Deus (2018). Além de escritora, foi professora, jornalista e assistente social. A autora faz parte de uma geração surgida a partir dos anos 80, ligada à revista Ponto e Vírgula, mas cujas raízes encontram-se nos anos 30 em escritores como Baltasar Lopes e Manuel Lopes, sendo seguidos entre os anos 40 e 70 por Teixeira de Sousa, Manuel Ferreira, António Aurélio Gonçalves, Luís Romano, Teobaldo Virgínio, Gabriel Mariano e Orlanda Amarilis, entre outros.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22456/2594-8962.94347

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista Conexão Letras - Programa de Pós-Graduação em Letras da Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Instituto de Letras

Av. Bento Gonçalves, 9500 - Bairro Agronomia

CEP: 91540-000

www.seer.ufrgs.br/conexaoletras

E-mail de contato: revistaconexao.letras@gmail.com