A prática tradutória no curso de bacharelado: um olhar para a condição de intraduzibilidade presente na tradução de prefácios

Ana Zandwais

Resumo


Este estudo desenvolvido no Curso de Bacharelado da Universidade Federal do Rio Grande do Sul detém-se em torno de pressupostos semânticos e discursivos a fim de investigar como os alunos que trabalham com a prática de tradução refletem sobre questões de significação durante a leitura e análise das práticas de tradução. Nossos objetos de investigação, neste artigo, são prefácios de obras literárias traduzidas para a língua Portuguesa. Propomo-nos a analisar as leituras feitas pelos alunos em torno das incongruências de significações entre textos produzidos em línguas Inglesa e Portuguesa e traduzidos em diferentes momentos no Brasil. Buscamos também as soluções propostas pelos alunos para responder aos problemas de anonímia durante a análise.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22456/2594-8962.85031

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista Conexão Letras - Programa de Pós-Graduação em Letras da Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Instituto de Letras

Av. Bento Gonçalves, 9500 - Bairro Agronomia

CEP: 91540-000

www.seer.ufrgs.br/conexaoletras

E-mail de contato: revistaconexao.letras@gmail.com