A construção de identidade e a busca de legitimidade no discurso político presidencial

Zilda Gaspar Oliveira de Aquino, Renata Palumbo

Resumo


A proposta deste trabalho é conhecer de que modo ocorre a construção da identidade e da legitimidade no discurso político presidencial, voltando-se, especificamente, ao exame da Carta Testamento de Getúlio Vargas, dirigida ao povo brasileiro. O recorte recai sobre os elementos linguístico-discursivos que fazem referência à identidade do líder político. As análises levam em conta os verbos agentivos presentes nesse discurso, por se entender que cumprem papel significativo no processo de construção da identidade e da legitimidade do ponto de vista argumentativo. As pesquisas de Charaudeau (2009), Chilton (2004), Hall (2001), Perelman e Olbrechts-Tyteca (1996[1958]), Franchi (1975) constituem a base da discussão teórica empreendida.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22456/2594-8962.65803

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista Conexão Letras - Programa de Pós-Graduação em Letras da Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Instituto de Letras

Av. Bento Gonçalves, 9500 - Bairro Agronomia

CEP: 91540-000

www.seer.ufrgs.br/conexaoletras

E-mail de contato: revistaconexao.letras@gmail.com