O papel da lingüística na formação do professor de língua

Sheila Elias de Oliveira

Resumo


Este artigo apresenta uma reflexão sobre o papel da Lingüística na formação de professores de língua nos cursos de graduação em Letras, pensando o papel da Lin- güística ligado ao papel social do ensino de língua. Esta ligação implica uma concepção de línguagem, de sociedade e da relação entre elas. De uma perspectiva materialista, para a qual as línguas são constituídas histórica e politicamente, analisa-se, em duas tendências presentes no ensino de Português no Brasil, o papel da concepção lingüísti- ca na construção da identidade dos alunos como falantes e cidadãos. A primeira ten- dência é fundamentada na Gramática Normativa e a segunda na Sociolingüística, a últi- ma aqui representada pelo livro “Por que (não) ensinar gramática na escola”, de Sírio Possenti. Finalmente, é proposta outra abordagem, tanto para o ensino de língua quanto para a formação dos professores de língua.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22456/2594-8962.55648

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista Conexão Letras - Programa de Pós-Graduação em Letras da Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Instituto de Letras

Av. Bento Gonçalves, 9500 - Bairro Agronomia

CEP: 91540-000

www.seer.ufrgs.br/conexaoletras

E-mail de contato: revistaconexao.letras@gmail.com