A dança dos nomes: análise de um nome próprio na cena de ‘Faroeste Caboclo’

Cláudia de Oliveira Leite

Resumo


Neste trabalho analisamos um nome próprio na letra de Faroeste Caboclo sustentando a hipótese de que uma renomeação identifica diferentemente o nomeado ao estabelecer predicações variantes e que as nuances que estão em jogo no processo de identificação permitem que, pela designação de uma mesma pessoa, transitem atri- butos variados, divergentes e mutáveis. Assim, consideramos que o funcionamento do nome próprio de pessoa interroga as diversas posições teóricas que sustentam a Lin- güística.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22456/2594-8962.55646

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista Conexão Letras - Programa de Pós-Graduação em Letras da Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Instituto de Letras

Av. Bento Gonçalves, 9500 - Bairro Agronomia

CEP: 91540-000

www.seer.ufrgs.br/conexaoletras

E-mail de contato: revistaconexao.letras@gmail.com